Na educação, por Levindo Carvalho

Para comentar as notícias da área da educação, convidamos Levindo Carvalho, professor e pesquisador da Faculdade de Educação da UFMG. Levindo, que é um grande defensor do direito das crianças, coordenou uma das poucas pesquisas que ouviu esse grupo durante a pandemia. Ao todo, cerca de 2.300 crianças moradoras de Belo Horizonte contaram à equipe da pesquisa sobre como o coronavírus tem afetado suas vidas.

Para o pesquisador, em um ano com tantos desafios para a educação, um aspecto positivo foi a criação de novas relações entre professores e alunos, mostrando que o papel da escola não se resume passar matéria. O distanciamento social fez com que coordenadores pedagógicos e professores estivessem mais sensíveis às crianças e suas diferentes realidades, ou seja, elas deixaram de ser vistas apenas como alunas.

“Muitas escolas públicas, por exemplo, fizeram um mapeamento do bairro em que estão localizadas para pensar atividades que pudessem chegar aos estudantes.” – conta Levindo.

Não só os professores, mas também as crianças participaram na construção destes novos laços de solidariedade. A pesquisa coordenada pelo professor aponta que os mais jovens estão preocupados com a situação dos idosos e das crianças mais pobres.

Aliás, para um país mais justo e solidário, outra notícia importante de 2020 foi a renovação do FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica), que é como um grande cofre de investimentos para a Educação Infantil, o Fundamental e o Ensino Médio.

Criado em 2007, o fundo reúne e depois redistribui de forma justa o dinheiro arrecadado com os impostos. Por exemplo, o FUNDEB estabelece um valor mínimo a ser gasto por aluno e reserva uma quantia extra para os municípios mais pobres.  Apesar de ser importante para garantir o sonho de uma escola para todos, o FUNDEB acabaria em 2020 e os profissionais da educação temiam pela renovação, já que o governo Bolsonaro era contra. Com a pressão da sociedade, especialmente de grupos que há anos defendem a educação pública, o FUNDEB foi renovado até 2026.

Em 2021, quando deve acontecer a reabertura das escolas, Levindo gostaria de ler uma notícia assim:

 

Página inicial