O plano nacional de vacinação contra o coronavírus. 4 (2021)

Em janeiro deste ano, a vacina brasileira contra o coronavírus produzida pelo Instituto Butantan foi aprovada, tornando possível o início da imunização da população brasileira. Para isso, o governo elaborou um plano que define como deve ocorrer a vacinação em massa: os recursos disponíveis, as estratégias de distribuição e conscientização da população e os grupos prioritários, ou seja, aqueles que seriam imunizados primeiramente. 

No dia 17 de janeiro de 2021, os jornais noticiaram que o Brasil havia vacinado a primeira pessoa contra a COVID-19: a enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos. Mônica sofre com uma doença chamada hipertensão e, mesmo assim, trabalha na linha de frente de um hospital paulista que é referência no enfrentamento à doença. 

O início da vacinação acendeu esperanças, mas também levantou muitas discussões. E já que esse assunto interessa a pessoas de todas as idades, a revista Manga de Vento criou esta edição explicando sem complicações o plano nacional de vacinação e como ele afeta crianças e adolescentes. 

Vem com a gente?

 

Por que um plano nacional de vacinação?

Como é o plano nacional de vacinação?

Problemas com o plano nacional de vacinação

Crianças e adolescentes vão se vacinar?

Assista: festival on line de filmes infantis nacionais

Página inicial