O vazamento de óleo no Nordeste. N.º 22 (2019)

 

No final de agosto, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) recebeu o primeiro aviso sobre a presença de uma substância escura e oleosa no mar da Paraíba. De lá pra cá, ela se espalhou por vários pontos do litoral nordeste do Brasil.

Pesquisas mostraram que se trata de um óleo originário das bacias venezuelanas, mas isso não significa que a Venezuela seja responsável pelo acidente, porque a bandeira do navio que transportava a substância é desconhecida.

Investigadores da marinha brasileira acreditam que provavelmente o óleo veio de uma embarcação clandestina. Isso explica porque, após o acidente, as autoridades não foram avisadas para tomar as medidas necessárias.

Diante de tantas dúvidas, ambientalistas têm cobrado do governo brasileiro respostas seguras para estas questões e mais rapidez na limpeza e na contenção dessa substância.

Quer seguir estas pistas com a gente?

 

Navios fantasma e o petróleo

Quais praias foram atingidas?

De que é feito esse óleo?

Quais são os riscos?

O que é o Plano de Contingência?

 

Página inicial